Envie o seu post para este endereço

.Balada de Outono por Manuel Alegre

.Entrevista a
Cristina Branco

.Testemunho de Teresa Portugal

Sexta-feira, 23 de Fevereiro de 2007

Homenagem a Zeca Afonso

Zeca Afonso: há vinte anos...

Éramos putos e estávamos todos em frenesim à espera do Zeca, no "Glória ou Morte", em Portimão. Eu tinha ouvido, à socapa em casa de amigos, algumas baladas do José Afonso (os primeiros singles dele era assim que o tratavam). O Zé Luís, um carpinteiro mais culto que muitos dos meus professores, tinha-me emprestado um livro de poemas do cantor, editado pela Livraria Paisagem, do Porto, em 1972, onde fiquei a conhecê-lo melhor. Assim, nessa noite, espreitando a Pide à paisana no bar da sociedade recreativa, preparada para o momento de protesto cantatório e olhando os poucos carros que iam chegando, chegou o Zeca, camisola de manga curta azul, cabelos encaracolados já desgrenhados das noites mal dormidas, viola às costas, disposto a limitar-se a cantar, como disse a Viale Moutinho. A malta mais velha, preparou uma peça de Teixeira Gomes, portimonense das letras e da presidência, para compôr o ramalhete e enganar os incultos da censura.
A partir daí cantei muitas vezes, em muitos sítios, as canções do Zeca: Vejam bem/Os vampiros/Canção de embalar/Cantar alentejano/Cantigas do Maio/Canto jovem/Grândola, vila morena/Menino do bairro negro/A morte saíu à rua/Menino d'oiro/Vamos cantar as janeiras/Traz outro amigo também...
E aqui continuamos a madrugada do Zeca...
*
Helder Faustino Raimundo
[escrito na madrugada de 24 de Fevereiro de 2004]

publicado por comunidade às 18:54

link do post | comentar | favorito
|

3 comentários:
De victor s nunes a 23 de Fevereiro de 2007 às 19:48
três momentos únicos e indeléveis:
1º. Agosto de 1968, Conventinho da Arrabida, acampados, esperamos ...e pelas 10h da noite ele chegou, com o amigo Sardinha. foi até à s tantas...
2º Moscavide Novembro de 1969: esperámos, esperámos + de 2 h e ele não apareceu.A Gnr desviara-o do salão da acve da Igreja...
3º Encontrámo-nos + a Zélia no então teatro da Caixa. Actual CGD ao CPequeno. Já doente, assistiu e vibrou com 'Tartufo...'.despedimo-nos até hoje.
era Outubro(?) de 1982.


De victor s nunes a 24 de Fevereiro de 2007 às 00:50
três momentos únicos e indeléveis:
1º. Agosto de 1968, Conventinho da Arrabida, acampados, esperamos ...e pelas 10h da noite ele chegou, com o amigo Sardinha. foi até à s tantas...
2º Moscavide Novembro de 1969: esperámos, esperámos + de 2 h e ele não apareceu.A Gnr desviara-o do salão da acve da Igreja...
3º Encontrámo-nos + a Zélia no então teatro da Caixa. Actual CGD ao CPequeno. Já doente, assistiu e vibrou com 'Tartufo...'.despedimo-nos até hoje.
era Outubro(?) de 1982.


De Paulo Esperança a 29 de Agosto de 2009 às 16:12
http://www.80anosdezeca.blogspot.com/
CONSULTEM O BLOG "80 ANOS DE ZECA"
Paulo Esperança


Comentar post

.posts recentes

. Preview movie trailers - ...

. Hit-Booster will start se...

. Make $75 in 15 minutes wi...

. Seo Killer Tactics

. Post your ads where peopl...

. Take paid online surveys ...

. Hit-Booster will start se...

. Make $75 per online surve...

. You have made $300

. Post your ads where peopl...

.arquivos

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Fevereiro 2007

.links

.Janeiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds